Presidente do México troca os ministros de Comunicações e Energia

José Antonio Meade assume pasta da Energia e Dionisio Pérez Jácome, Comunicações e Transportes

EFE |

México.- O presidente do México, Felipe Calderón, anunciou nesta sexta-feira a troca dos ministros de Energia e de Comunicações e Transportes, o que segundo analistas inaugura a etapa de mudanças rumo às eleições presidenciais de 2012.

Os dois funcionários que assumirão as pastas eram vice-ministros em Fazenda e Crédito Público, liderado por Ernesto Cordero, que a imprensa mexicana indica como possível aspirante do Partido Ação Nacional (PAN) à Presidência do país.

Calderón manifestou em mensagem que havia aceitado a renúncia de Juan Molinar Horcasitas ao cargo de ministro de Comunicações e Transportes, que agora ficará sob a direção do economista Dionisio Pérez Jácome.

No Ministério de Energia, Georgina Kessel dará lugar a José Antonio Meade, que era vice-ministro da Fazenda. Calderón também anunciou que seu secretário particular, Luis Felipe Bravo, deixará o cargo para se dedicar a atividades de consultoria e análise política, entrando em seu lugar o advogado Roberto Gil.

    Leia tudo sobre: México

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG