Presidente do Irã pede que iraquianos se unam contra EUA

Teerã, 23 out (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, pediu hoje aos iraquianos que se mantenham unidos contra os planos dos EUA de provocar tensões em seu país, divulgou a agência estudantil de notícias de Irã (Isna).

EFE |

Ahmadinejad fez estas declarações durante uma reunião hoje em Teerã com o presidente da Região Autônoma do Curdistão iraquiano, Massoud Barzani.

"Os grupos iraquianos podem estabelecer a segurança no Iraque através da unidade e a solidariedade", disse Ahmadinejad, para quem EUA "não estão contente pela situação atual no Iraque e tratamde introduzir tensões e desacordos neste país".

"Os americanos demonstraram que não se comprometem com nenhum acordo e sacrificarão inclusive seus próprios amigos se assim demandarem seus interesses", acusou Ahmadinejad, acrescentando que "para os EUA os sunitas, os xiitas e os curdos são todos iguais".

O líder iraniano assinalou, além disso, que o propósito dos EUA "é impedir a formação de um Governo forte no Iraque para seguir com o 'saque' do país".

Por sua vez, Barzani agradeceu o apoio do Irã e informou ao presidente da República Islâmica da situação atual em seu país.

Barzani chegou ontem ao Irã em uma visita oficial, durante a qual também se encontrou com o ministro de Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki. EFE msh/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG