Presidente do Irã afirma que não negociará sobre enriquecimento de urânio

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, afirmou em uma entrevista à agência de notícias japonesa Kyodo News que não aceitará nenhum incentivo oferecido pelas potências mundiais em troca de uma suspensão do programa de enriquecimento de urânio.

AFP |

"Este tema não é negociável", declarou Ahmadinejad.

"O Irã é um país nuclear e não tem nenhum motivo para renunciar a esta tecnologia", completou.

O Conselho de Segurança da ONU aumentou no mês passado as sanções contra o Irã por sua recusa em cessar a produção de combustível nuclear.

Os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas mais a Alemanha prometeram ampliar a proposta feita em 2006 de incentivos econômicos e comerciais ao Irã, em troca da suspensão do programa de enriquecimento de urânio.

Porém, Teerã descartou novas negociações com o grupo de seis países.

O presidente iraniano também rejeitou novas conversações com a União Européia sobre seu programa nuclear e afirmou que Teerã só negociará com a agência de energia atômica da ONU.


    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG