Presidente do Equador confirma viagem a Washington para apoiar Zelaya

Quito, 4 jul (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, viaja esta noite a Washington para apoiar o deposto governante de Honduras, Manuel Zelaya, e os esforços da comunidade internacional que tenta solucionar a crise política no país centro-americano.

EFE |

A Chancelaria equatoriana, em comunicado, confirmou que Correa, "viajará esta noite a Washington, com a finalidade de apoiar os esforços regionais para encontrar uma saída democrática perante a crise que vive a República de Honduras, como resultado do golpe de Estado efetuado no dia 28 de junho de 2009".

Correa, segundo o escrito oficial, deve se reunir na capital americana com outras autoridades do continente, entre elas a presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, "que também exigem a restauração imediata e incondicional de Zelaya a suas funções constitucionais como governante".

A confirmação da Chancelaria se dá horas depois que o próprio Correa anunciou que sua viagem a Washington estava sujeito a uma confirmação.

Em seu relatório habitual semanal de trabalho, Correa disse que esperava a confirmação de Zelaya para acompanhá-lo em seu retorno a Tegucigalpa, previsto para amanhã, domingo.

"O presidente Zelaya pensa em retornar amanhã a seu país e me pediu que o acompanhe... Se o convite continuar de pé, esta noite viajaria para Washington, para fazer parte da delegação internacional que acompanhará o deposto governante hondurenho", assegurou Correa. EFE fa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG