Sharm el-Sheikh (Egito), 16 jul (EFE).- O presidente do Egito, Hosni Mubarak, encerrou hoje a 15ª Cúpula do Movimento de Países Não-Alinhados (Noal), que durante dois dias analisou os principais desafios desse organismo, criado em 1961.

A cúpula, disse Mubarak nas palavras finais, "refletiu o desejo do povo dos países não-alinhados de conseguir uma melhor forma para reduzir a brecha entre os países pobres e ricos".

A reunião contou com a presença de 50 chefes de Estado, fundamentalmente da Ásia e da África. EFE jfu-nq-ag/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.