Presidente do Bird pede investimento social para não repetir erros

O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, pediu nesta quinta-feira o reforço dos investimentos sociais e de infraestrutura para evitar repetir erros neste contexto de crise global.

AFP |

"Antes de tudo, temos que garantir que não repetiremos erros do passado", disse Zoellick em entrevista à imprensa na véspera do início da reunião semestral do Banco Mundial (Bird) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) em Washington.

"Quando a crise financeira atingiu a América Latina nos anos 80 e a Ásia nos 90, o debate sobre os dados silenciou um debate sobre as pessoas", reconheceu Zoellick.

"Os orçamentos de saúde básica, nutrição e educação foram cortados severamente", acrescentou.

"Os pobres foram os que mais sofreram com os erros dos outros", advertiu.

O Banco Mundial anunciou nesta quinta-feira que investirá 45 bilhões de dólares nos próximos três anos em projetos de infraestrutura.

A instituição multilateral com sede em Washington indicou em um comunicado que criará uma estrutura especializada para fazer estes investimentos.

Isso representa um aumento de 50% das quantias dedicadas ao setor em relação aos três anos anteriores.

"Os investimentos em infraestrutura podem ser a base para a criação de empregos, o crescimento econômico duradouro e para vencer a pobreza, e podem contribuir para a recuperação", explicou o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick.

O Banco anunciou ainda um aumento da mesma proporção nos investimentos em agricultura, para 12 bilhões de dólares, nos próximos dois anos.

jz/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG