Nuakchott, 3 abr (EFE).- O presidente mauritano deposto Sidi Mohammed Ould Cheikh Abdalahi qualificou nesta sexta-feira de repressão selvagem a ação policial lançada nesta quinta-feira sobre os participantes de uma manifestação não autorizada da Frente Nacional de Defesa da Democracia (FNDD).

O ex-presidente disse em comunicado que as forças da ordem, sob as ordens dos golpistas, responderam ao movimento de protesto pacífico mediante uma repressão selvagem.

Além disso, disse que membros do Parlamento, líderes políticos e militantes valentes foram vítimas desta contenção em Nuakchott.

Abdalahi destacou que os manifestantes se abstiveram de atentar contra as pessoas e objetos materiais, e fizeram uso de sua liberdade de expressão para demonstrar sua oposição ao levantamento e exigir a volta à legalidade e à democracia.

A marcha convocada ontem na capital pelo FNDD tinha o objetivo de mostrar sua oposição às eleições presidenciais previstas para 6 de junho. EFE mo-alr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.