Presidente de Taiwan inicia primeira viagem pela América Latina

Taipé, 12 ago (EFE) - O presidente taiuanês, Ma Ying-jeou, partiu hoje em sua primeira viagem para o exterior que o levará a Panamá, Paraguai e República Dominicana, a fim de consolidar os vínculos com o principal bastião diplomático da ilha.

EFE |

O principal objetivo da viagem de Ma é assistir à posse dos presidentes eleitos do Paraguai, Fernando Lugo, e da República Dominicana, Leonel Fernández, mas a visita permitirá que entre em contato com dirigentes dos Estados Unidos, assim como do Panamá e de outros países latino-americanos.

"Espero consolidar os laços com os aliados e impulsionar as relações com a China enquanto se recupera a confiança com os Estados Unidos", disse Ma em entrevista coletiva.

Os observadores políticos locais destacam que esta viagem colocará à prova a boa vontade chinesa e esclarecerá a resposta da China à oferta de Taiwan de uma trégua na luta diplomática por novos aliados.

O presidente taiuanês também disse, antes de partir, que não praticará a diplomacia do dólar durante sua viagem e que espera obter maior espaço internacional para a ilha e melhores laços com Washington.

No Paraguai, Ma espera conseguir que o novo presidente não abandone Taiwan, perante as declarações de Lugo de que procura estabelecer laços com a China.

O presidente taiuanês se reunirá com outros líderes latino-americanos.

O presidente taiuanês deve partir de Santo Domingo na manhã de 17 de agosto para os Estados Unidos, onde visitará San Francisco e Austin, antes de retornar a Taiwan em 19 de agosto.

Nesta ocasião, Ma e sua comitiva tomarão até Los Angeles um vôo regular da taiuanesa China Airlines, o que constitui um fato inédito nas viagens ao exterior dos presidentes taiuaneses.

O Paraguai é, atualmente, o único país sul-americano que mantém relações diplomáticas com Taiwan e seus laços datam de 1957. EFE flp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG