Presidente de Taiwan é eleito chefe de partido no poder

Taipé, 27 jul (EFE).- O presidente taiuanês Ma Ying-jeou foi eleito para a Chefia do governista Partido Kuomintang (KMT), informou hoje a legenda em comunicado.

EFE |

Ma, que defende uma plataforma de distensão com a China e de aproximação econômica, obteve 93,87% dos votos, em uma eleição realizada no domingo e na qual era candidato único.

A vitória do político reforça seu controle do KMT, o que lhe dará um maior domínio do Parlamento, onde o partido tem três quartos das cadeiras, e indicar candidatos às eleições de cargos públicos.

Após saber o resultado, o líder afirmou que o KMT seguirá impulsionando as atuais políticas com relação à China e também a reforma.

"Concorri não para expandir meu poder, mas para enfrentar minha responsabilidade", disse Ma.

Críticos no mundo acadêmico e da oposição temem que a dupla direção do partido e do Estado transformem Ma em um governante absoluto.

"Ma agora tem absoluto poder sobre o partido, o Parlamento, os militares e a política rumo a China", disse o professor da Universidade Oceânica de Taiwan Wang Kun-yi.

O presidente taiuanês, como chefe do KMT, pode manter uma cúpula com o presidente da China, Hu Jintao, em sua capacidade de chefe do Partido Comunista Chinês, assim como fez o último presidente da legenda, Wu Poh-hsiung, afirmam analistas.

Ma já presidiu o KMT entre agosto de 2005 e fevereiro de 2007.

EFE flp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG