Presidente de Fiji se aposenta aos 88 anos

Sydney (Austrália), 28 jul (EFE).- O polêmico presidente de Fiji, Josefa Iloilovatu, se aposentará do cargo devido à avançada idade e ao delicado estado de saúde, anunciou hoje o líder do regime militar que governa o país, Frank Bainimarama.

EFE |

Iloilovatu, de 88 anos e que assumiu o posto em 2000, será substituído de forma interina pelo atual vice-presidente e ex-chefe das Forças Armadas, Epeli Nailatikau, informou a imprensa neozelandesa.

Desde que Bainimarama tomou o poder com um golpe de Estado, em dezembro de 2006, o presidente cedeu a todos seus pedidos, em particular a recente militarização das instituições, depois que os tribunais declararam o levante ilegal.

Iloilovatu reagiu suspendendo a Constituição e mantendo o militar como primeiro-ministro, que depois decidiu suspender todos os juízes, declarar o estado de exceção, desvalorizar a moeda e censurar os meios de comunicação, entre outras medidas.

Outra instituição afetada foi o Grande Conselho de Chefes Tribais, que tradicionalmente é responsável pela nomeação do chefe do Estado e cuja influência não é vista com bons olhos pelos golpistas.

Em maio, Bainimarama se comprometeu a convocar eleições democráticas dentro de cinco anos, quando conseguir reformar o sistema eleitoral baseado na separação entre os fijianos nativos e os de origem indiana, trazidos pelos colonizadores britânicos para trabalhar nas plantações. EFE mg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG