O presidente do comitê de justiça do Senado americano, o democrata Patrick Leahy, propôs nesta segunda-feira a formação de uma comissão da verdade, à semelhança da estabelecida na África do Sul no final do regime do apartheid, para investigar abusos cometidos durante o governo do ex-presidente George Bush.

Segundo o senador, a comissão poderia analisar, em particular, a questão das técnicas de interrogatórios, aparentadas com a tortura, assim como as escutas telefônicas extrajudiciais.

A "Comissão Verdade e Reconciliação" foi posta em prática na África do Sul para investigar os crimes ligados à segregação racial.

"Mais que uma vingança necessitamos uma visão imparcial do que aconteceu, para que não se repita", insistiu.

ok/emp/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.