Presidente da Sérvia renuncia para antecipar eleições

Boris Tadic será novamente candidato à presidência pelo Partido Democrático em votação que coincide com pleitos parlamentar e municipal

iG São Paulo |

O presidente da Sérvia, Boris Tadic, anunciou nesta quarta-feira sua renúncia para encurtar seu mandato e antecipar as eleições presidenciais para que coincidam com o pleito parlamentar e municipal previsto para 6 de maio.

Crimes de guerra: Sérvia prende criminoso de guerra Ratko Mladic

"Serei o candidato nesse pleito, com muito otimismo pelas tendências positivas em nosso país", declarou Tadic à imprensa em Belgrado.

Tadic deve informar agora sua renúncia à presidente do Parlamento sérvio, Slavica Djukic Dejanovic, que, segundo a lei, convocará as eleições à Presidência do país.

O presidente assinalou que as eleições serão difíceis e que sua política continuará sendo a integração europeia e a preservação da integridade do país, ao assinalar que a Sérvia não reconhecerá a independência do Kosovo.

O mandato de Tadic, de cinco anos, deveria expirar em fevereiro de 2013. As eleições para escolha do novo presidente seriam em dezembro deste ano.

Tadic será novamente o candidato presidencial do Partido Democrático (DS), a principal formação da coalizão de governo.

Seu principal rival deverá ser Tomislav Nikolic, líder do maior partido de oposição, o conservador Partido do Progresso Sérvio (SNS).

Os dois foram rivais nos pleitos presidenciais de 2004 e 2007, ambos vencidos por Tadic.

Nessas ocasiões, Nikolic foi aspirante ao cargo pelo ultranacionalista Partido Radical Sérvio, legenda que deixou no outono de 2008 para formar seu próprio partido, de discurso moderado e a favor da integração europeia do país dos Bálcãs.

Pesquisas apontam o DS e o SNS são também os favoritos para o pleito parlamentar.

*Com EFE

    Leia tudo sobre: sérviatadicpresidênciaeleição na sérvia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG