Presidente da Mauritânia nomeia mesmo premiê designado depois de golpe

Nuakchott, 11 ago (EFE).- O presidente da Mauritânia, Mohammed Ould Abdelaziz, nomeou hoje o primeiro-ministro Mulaye Ould Mohammed Lagdaf novamente ao cargo, que foi ocupado pelo mesmo após o golpe de Estado de agosto do ano passado.

EFE |

Segundo um comunicado da Presidência da República divulgado pela agência oficial "AMI", Lagdaf tem em suas mãos o trabalho de designar o novo Executivo, depois de o Governo transitório ter renunciado na quinta-feira, após a posse de Abdelaziz.

O Governo, também dirigido por Lagdaf, foi formado no dia 27 de junho, em virtude do acordo de Dacar, alcançado pelos protagonistas da crise política desencadeada no país após o golpe de Estado perpetrado pelo próprio Abdelaziz, no dia 6 de agosto de 2008.

Entre as cláusulas abordadas no acordo, estão a formação do Executivo, com membros golpistas e da oposição, e o atraso das eleições presidenciais, de 6 de junho para 18 de julho.

Lagdaf também foi o encarregado de organizar as eleições, nos quais 52,7% dos votos foram dirigidos a Abdelaziz, que tomou posse como presidente no dia 5 de agosto. EFE mo-mgr/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG