Presidente da Grécia diz que país chegou à beira do abismo

Atenas, 5 mai (EFE).- O presidente da Grécia, Karolos Papoulias, disse nesta quinta-feira que "o país chegou à beira do abismo", depois de lamentar pela morte de três pessoas em um incêndio ocasionado por manifestantes durante os protestos contra o Governo em Atenas.

EFE |

Atenas, 5 mai (EFE).- O presidente da Grécia, Karolos Papoulias, disse nesta quinta-feira que "o país chegou à beira do abismo", depois de lamentar pela morte de três pessoas em um incêndio ocasionado por manifestantes durante os protestos contra o Governo em Atenas. "Agora está em nossas mãos se daremos um salto no vazio", disse o presidente, depois dos incidentes de hoje. Por sua parte, o ministro para a Proteção do Cidadão grego, Mijalis Jrisojoidis, declarou que hoje "é um dia negro para a democracia grega". Todos os partidos políticos de oposição condenaram o ataque contra uma filial do banco Marfin Egnatia, no centro de Atenas, que provocou o incêndio que causou a morte por asfixia de duas mulheres e um funcionário da entidade. EFE afb/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG