O presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, declarou neste sábado estado de guerra e acusou a Rússia de ter bombardeado várias cidades de seu território.

"Assinei um decreto sobre um estado de guerra. A Geórgia se encontra em um estado de agressão militar total", afirmou Saakashvili em uma reunião, exibida pela televisão, de seu Conselho de Segurança Nacional.

im/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.