Presidente da estatal de petróleo da Bolívia é demitido

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou, neste sábado, a demissão do presidente da YPFB e poderoso dirigente governista, Santos Ramírez, suspeitos de envolvido no suborno de uma empresa privada boliviano-argentina.

AFP |

Morales já deu posse ao novo presidente da YPFB, o ex-ministro de Planejamento, Carlos Villegas, em ato público realizado no palácio presidencial de La Paz.

Santos Ramírez teria sido envolvido numa recepção presumível, por intermédio de seus familiares, de 450 mil dólares da empresa Catler-Uniservice que, por sua vez, ganhou a licitação no ano passado para a construção de uma usina de gás natural.

Leia mais sobre: Santos Ramírez

    Leia tudo sobre: petróleo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG