Toyako (Japão), 8 jul (EFE).- O presidente da Comissão da União Africana (UA), o gabonês Jean Ping, saiu hoje de um hospital de Hokkaido (no norte do Japão) após se recuperar de uma dor de estômago que sentiu durante um encontro com os líderes do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais desenvolvidos e a Rússia).

A princípio, os médicos acharam que Ping tinha cálculos na uretra, mas os exames médicos não confirmaram as suspeitas, segundo fontes oficiais japonesas citadas pela agência local "Kyodo".

Ping foi levado na segunda-feira à noite em estado de saúde leve, com um mal-estar, a um hospital de Sapporo, capital da ilha de Hokkaido, onde passou a noite.

O presidente da Comissão da União Africana se sentiu mal quando estava reunido com os líderes do G8, durante a primeira sessão da cúpula de Hokkaido, junto com sete presidentes africanos (Etiópia, Argélia, Gana, Nigéria, Senegal, África do Sul e Tanzânia). EFE psh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.