Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Tarso contraria Lula e fala sobre anistia

Contrariado com a migração para dentro do governo de uma crise que vai se resolver no Judiciário, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou na segunda-feira a seus ministros que não haja posicionamentos públicos sobre a interpretação a ser dada à Lei de Anistia.

Agência Estado |

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, além de outras autoridades, pediram aos países que têm "reservas substanciais", como a China, que contribuam mais para o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Pequim deixou uma porta aberta, com a oferta vaga --mas ainda assim positiva-- de considerar sua participação. Mas o país ainda não explicitou o que espera receber em troca.

Depois da cúpula em Washington, Hu vai ao Peru, para um encontro do fórum pela Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, informou Qin Gang, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, em uma entrevista coletiva na terça-feira.

O presidente chinês também vai visitar Grécia, Costa Rica e Cuba, onde se encontrará com o presidente Raúl Castro.

Raúl pode ter esperanças de contar com a ajuda chinesa. A crise financeira tem sido particularmente difícil para Cuba, que tenta se reconstruir depois da passagem de dois fortes furacões e sofre com os crescentes preços dos produtos importados..

(Por Emma Graham-Harrison and Liu Zhen)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG