Presidente da Câmara de Representantes dos EUA visita favela do Rio

John Boehner elogiou o programa de pacificação no Vidigal durante primeira etapa de giro pela América Latina

iG São Paulo |

O presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, John Boehner, elogiou nesta segunda-feira o programa de pacificação das favelas do Rio de Janeiro durante visita à favela do Vidigal.

Leia também:
- Polícia ocupa três favelas no Rio de Janeiro
- Comunidades Vidigal e Chácara do Céu terão UPP própria

Reuters
John Boehner visita a favela do Vidigal, no Rio de Janeiro, ao lado do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame

Boehner, que começou no Brasil uma viagem que fará pela América Latina, esteve na manhã desta segunda-feira na favela do Vidigal, que em novembro foi ocupada por forças policiais que com o apoio de militares expulsaram narcotraficantes que durante décadas controlaram o local.

O líder republicano disse que em uma situação na qual a segregação social e econômica já está instalada, o programa de Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), com o qual foram recuperadas dezenas de favelas que estavam nas mãos do crime organizado, "é um bom exemplo de ação para unir a sociedade".

Boehner, citado pela Agência Brasil, explicou que nos EUA as autoridades atuam "para não ter situações como esta", em referência às desigualdades sociais dentro das cidades brasileiras.

A delegação americana foi acompanhada pelo secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, e pelo coordenador das UPP, o coronel Rogério Seabra, que mostraram a Boehner o trabalho de instalação das unidades nas favelas cariocas.

Durante a visita ao Vidigal, Beltrame explicou à comitiva de Boehner detalhes do programa de pacificação das favelas do Rio de Janeiro que começou em dezembro de 2008 e permitiu a instalação de quase 20 bases policiais em territórios que eram dominados pelo narcotráfico.

A favela do Vidigal, vizinha de bairros como Leblon e São Conrado, está nas mãos da polícia há dois meses e o governo pretende instalar em breve nesse bairro uma Unidade de Polícia Pacificadora. Beltrame explicou que as obras da sede da UPP do Vigidal já começaram, mas ainda não há uma data definida para sua inauguração.

Para o secretário, quem não mora no Rio de Janeiro dificilmente compreende a topografia da cidade, onde há uma situação precária "a metros do metro quadrado mais caro do país (o bairro do Leblon". "Antes de falar em segurança pública, especialmente do Rio de Janeiro, a gente precisa contextualizar as pessoas e dizer que isso aqui aconteceu aos olhos da sociedade e com a leniência do Estado".

Boehner visitará Brasília nesta terça-feira, onde se reunirá com o chanceler brasileiro, Antonio Patriota, e como parte de sua viagem também visitará a Colômbia e o México.

Com EFE e Agência Brasil

    Leia tudo sobre: rio de janeirocâmara dos representanteseuabeltramevidigal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG