Presidente da Bolívia convoca quatro prefeitos rebeldes para reunião

O presidente boliviano Evo Morales convocou para uma reunião na sexta-feira quatro prefeitos rebeldes que articulam o principal movimento de oposição política, para discutir a aplicação de governos autônomos regionais no país, informou nesta quinta-feira a imprensa local.

AFP |

"Quero informar ao povo boliviano que estamos convocando os prefeitos (governadores) de Tarija, Chuquisaca, Santa Cruz e Beni", afirmou Morales, que ressaltou que o diálogo é para concertar a aplicação da nova Constituição, citado pela imprensa local.

Os governadores Rubén Costas (Santa Cruz), Mario Cossío (Tarija), Savina Cuéllar (Chuquisaca) e Ernesto Suárez (Beni) ainda não indicaram se comparecerão à reunião em La Paz.

As quatro autoridades regionais se opõem à nova Constituição, alegando que sua formulação careceu de um pacto social nacional e que esta é fortemente rechaçada em suas regiões.

Segundo dados oficiais da Corte Nacional Eleitoral, a nova Constituição foi aprovada com 61% dos votos em nível nacional, embora tenha sido rejeitada com mais de 50% dos votos em Santa Cruz, Beni, Pando e Tarija, regiões da Amazônia, Llanos e Chaco bolivianos.

Em Chuquisaca o apoio foi de 51,5%, enquanto que a rejeição em Sucre, capital e feudo rebelde, foi de 66%.

jac/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG