Presidente colombiano diz ser 'novo melhor amigo' de Hugo Chávez

Declaração de Juan Manuel Santos foi feita em entrevista ao jornal "The Washington Post"

EFE |

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, considera seu colega da Venezuela, Hugo Chávez, seu "novo melhor amigo", segundo uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal "The Washington Post", que afirma que a aproximação entre os países vizinhos beneficia os Estados Unidos.

Getty Images
O presidente colombiano, Juan Manuel Santos
Santos, de 59 anos, "adotou uma série de posições que contrastam com as de seu antecessor, Álvaro Uribe, um firme aliado dos Estados Unidos", acrescenta o jornal em artigo no qual resume duas entrevistas com o líder colombiano, que assumiu o cargo em agosto.

Colômbia recebeu cerca de US$ 9 bilhões de ajuda dos Estados Unidos na última década e Chávez chegou a qualificar Santos, que foi ministro da Defesa no Governo de Uribe, como "o pró-americano número um".

"Em suas entrevistas recentes com o 'Post', Santos disse que percebeu que suas ações causaram perplexidade tanto na Colômbia como em Washington, que foi um parceiro na luta da Colômbia contra os traficantes de drogas e os rebeldes marxistas", disse no artigo.

De fato a vitória eleitoral arrasadora de Santos na eleição de junho foi avaliada como, segundo o jornal, uma mensagem de apoio para as políticas de Uribe.

"Pensaram que eu ia ser um substituto do presidente Uribe e que, simplesmente, continuaria suas políticas", disse Santos para reforçar que "isso foi um absurdo desde o princípio".

"Uribe é Uribe, e Santos é Santos, e Santos tem um enfoque diferente", acrescentou.

Mas, afirmou o "Post", "alguns políticos americanos acreditam que a mudança do Governo na Colômbia deixou os Estados Unidos em melhor posição porque muitos líderes sul-americanos desconfiavam de Uribe e o achavam muito militarista".

A decisão de Santos de superar a prolongada disputa entre Colômbia e Venezuela teve o apoio do Governo do presidente Barack Obama que identifica um benefício para os EUA, apontou o artigo.

O ex-embaixador americano na Colômbia Myles Frechette disse ao jornal que "Santos está fazendo algo que é absolutamente fantástico".

"Santos está levando a Colômbia diplomaticamente ao século XXI, dialoga com os brasileiros e todos os demais,", acrescentou o ex-diplomata.

    Leia tudo sobre: juan manoel santoscolombiahugo chavezvenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG