Guatemala, 26 abr (EFE).- O presidente da Guatemala, Álvaro Colom, viajou hoje a Washington, em sua primeira visita oficial aos Estados Unidos desde que assumiu o poder no dia 14 de janeiro, para se reunir com seu par, George W.

Bush.

Ronaldo Robles, secretário de Comunicação da Presidência, disse hoje à agência Efe que Colom viajou em um vôo comercial, acompanhado de sua esposa, Sandra Torres; seu chanceler, Haroldo Rodas; e seu secretário particular, Gustavo Alejos.

"A reunião com o presidente Bush está prevista para a próxima segunda-feira de manhã, na Casa Branca. Os temas que conversarão os presidentes são diversos, mas haverá enfoque especial nos assuntos de cooperação em matéria de segurança, e sobre a situação dos imigrantes guatemaltecos radicados nos EUA", informou Robles.

Segundo a agenda oficial, proporcionada pela Presidência guatemalteca, Colom deve se reunir amanhã, em Washington, com os líderes dos imigrantes guatemaltecos a quem explicará os esforços que seu Governo realiza para conseguir melhores condições para eles nesse país.

Segundo números oficiais, nos EUA vivem 1,2 milhões de guatemaltecos, 60% deles em condição de imigrantes ilegais.

No decorrer do ano até agora, foram deportados mais de 7.200 imigrantes guatemaltecos, enquanto no ano passado foram mais de 23.000.

Na próxima terça-feira, o líder guatemalteco se reunirá com membros do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, fará uma palestra para estudantes da Universidade George Washington e concluirá sua visita com um comparecimento perante o Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Além disso, o líder tem avaliado a possibilidade de conceder entrevistas a diversos meios de imprensa americana.

Álvaro Colom deve retornar à Guatemala na próxima quarta-feira.

EFE ca/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.