Presidente chinês quer relações estáveis com EUA

O presidente chinês, Hu Jintao, afirmou que deseja relações bilaterais estáveis e saudáveis entre seu país e os Estados Unidos, tanto no âmbito econômico como em temas como Tibete e Taiwan.

AFP |

Durante uma conversa telefônica com o presidente americano, Barack Obama, Hu Jintao afirmou que "relações econômicas e comerciais estáveis e saudáveis entre China e Estados Unidos beneficiariam os dois países", afirma um comunicado do ministério das Relações Exteriores.

As relações bilaterais entre China e Estados Unidos registraram nos últimos meses vários momentos de tensão.

As divergências econômicas e comerciais contribuíram para as turbulências, sobretudo no que diz respeito à taxa de câmbio do yuan, moeda que Washington considera desvalorizada artificialmente.

Mas outras disputas envolvem temas políticos como o encontro entre Obama e o Dalai Lama, líder espiritual dos budistas tibetanos, acusado por Pequim de separatismo, ou a venda de armas americanas a Taiwan, que a China considera uma de suas províncias rebeldes.

O chefe de Estado chinês lembrou que "os assuntos de Taiwan e do Tibete são da incumbência da soberania e da integridade territorial chinesas, pois integram os interesses fundamentais da China".

"Tratar estes temas de forma apropriada é essencial para garantir um desenvolvimento estável e saudável das relações EUA-China", acrescenta o comunicado.

    Leia tudo sobre: chinaeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG