O presidente chinês, Hu Jintao, afirmou neste domingo que seu país está enfrentando uma série de novos problemas em seu processo de desenvolvimento, como a manutenção da estabilidade social.

Em discurso pronunciado dez dias antes do 60º anivversário da proclamação da República Popular da China, Hu Jintao também disse que a democracia de tipo ocidental não é uma opção para o gigante asiático.

O Partido Comunista está diante de "uma tarefa difícil, que consiste em preservar e melhorar o nível de vida da população e manter a estabilidade social", declarou o presidente, em discurso publicado pelo site oficial china-com.cn.

Hu Jintao também destacou a "dura tarefa, ainda dificultada pelo impacto da crise financeira internacional, de manter um crescimento econômico rápido e estável".

Ele também conclamou os membros do Comitê Central a promover a unidade nacional.

"Vocês têm de ajudar o partido e o governo a cumprir suas missões nos âmbitos étnico e religioso, a promover a unidade nacional, a harmonia religiosa e a estabilidade social", declarou, ressaltando que a China não deve "de nenhuma forma imitar o sistema político ocidental".

A festa nacional de 1 de outubro, que será marcada por um imponente desfile militar, acontecerá dois meses e meio depois dos tumultos que deixaram cerca de 200 mortos (segundo fontes oficiais) na província muçulmana de Xinjiang, no noroeste do país.

O Comitê Central do Partido Comunista se declarou esta semana determinado em "impedir de forma eficiente e esmagar com firmeza as atividades separatistas ligadas às questões étnicas", informou sexta-feira a agência Nova China.

O partido pretende lançar uma campanha "educativa, de massa e em profundidade sobre a unidade étnica" no país, que tem 56 comunidades étnicas diferentes mas onde os hans são majoritários, destacou a agência.

Os preparativos da festa de 1 de outubro acontecem em meio a um esquema de segurança reforçado, tanto em Pequim como nas províncias em volta da capital.

Segundo as autoridades, o esquema de segurança será ainda mais importante que o dos Jogos Olímpicos de 2008.

mbx/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.