Presidente chinês deixa Senegal após visita de 24 horas

Dacar, 14 fev (EFE).- O presidente da China, Hu Jintao, deixou hoje Dacar após realizar uma visita de Estado de 24 horas ao Senegal, sua segunda etapa de uma viagem pela África Subsaariana.

EFE |

O avião do líder chinês decolou do aeroporto Léopold Sédar Senghor às 8h de Brasília com destino a Dar-es-Salam, capital da Tanzânia.

Hu, que chegou na sexta-feira a Dacar, manteve um encontro com o presidente senegalês, Abdoulaye Wade, e os presidentes do Senado e da Assembleia Nacional, Pape Diop e Mamadou Seck, respectivamente.

Além disso, Wade ofereceu ontem à noite um jantar de gala em sua honra no Palácio da República.

Por ocasião desta visita, os dois países assinaram cinco acordos de cooperação, entre eles a criação de uma comissão mista de cooperação econômica, comercial e técnica, e créditos destinados ao financiamento de uma rede de segurança nacional e a renovação de um parque de ônibus.

Pouco antes de deixar a capital senegalesa, o presidente da China visitou as obras de construção do Grande Teatro Nacional, financiado por seu país.

Senegal e China retomaram suas relações diplomáticas em outubro de 2005, após uma ruptura que aconteceu em 1996 em consequência do reconhecimento de Taiwan pelo anterior regime socialista senegalês.

EFE st/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG