Presidente bielo-russo cancela participação na cúpula da OTSC

Moscou, 14 jun (EFE).- O presidente de Belarus, Aleksander Lukashenko, cancelou hoje sua participação a uma cúpula da Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC), aliança militar pós-soviética liderada pela Rússia, devido a um litígio comercial com Moscou.

EFE |

"A delegação de Belarus, liderada pelo presidente Aleksander Lukashenko, não participará da cúpula da OTSC em Moscou", anunciou oficialmente em Minsk o porta-voz da Chancelaria bielo-russa, Andrei Popov.

"Belarus é objeto de uma discriminação econômica aberta por parte de um dos membros da OTSC, (...) o que mina a segurança econômica de nosso país", denunciou o porta-voz, segundo a agência oficial "Belta".

Acrescentou que nesta situação Belarus, que esperou "até o último momento" o levantamento da sanção discriminatória por parte da Rússia, se viu "obrigada a suspender sua participação na sessão da OTSC em Moscou".

A Rússia concede grande importância à cúpula da OTSC, na qual hoje pretende formalizar a criação de uma força de reação rápida comum encarregada de repelir agressões aos países-membros e de lutar contra o terrorismo, o crime organizado e o narcotráfico.

A OTSC, integrada por Rússia, Belarus, Armênia e os centro-asiáticos Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão, pretende dar assim mais um passo em direção a sua conversão em um bloco militar no espaço euroasiático, em particular na zona de Ásia Central limítrofe com o Afeganistão. EFE se/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG