Presidente afirma que Geórgia não se renderá

O presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, garantiu nesta segunda-feira que seu país não se renderá, mesmo que as tropas russas ocupem o território georgiano.

AFP |

Em entrevista à rede de televisão CNN, Saakashvili disse que os líderes russos "precisam saber que a Geórgia nunca se renderá."

Saakashvili, que mais cedo fez um discurso à Nação denunciando que "a maioria do território da Geórgia está ocupado", acusou a Rússia de premeditar sua ofensiva, que começou há vários dias.

"Não importa o tamanho de seu Exército (russo), se não estavam preparando o ataque há meses e meses, pelo amor de Deus, como conseguiram mobilizar mil tanques em horas?!"

"Estão ameaçando a capital", Tbilisi, disse o presidente, antes de garantir que "o povo georgiano jamais se entregará, porque a democracia é mais forte que qualquer de seus tanques e bombardeios, que qualquer de seus equipamentos" militares.

"Vamos até o final, porque uma vez perdemos nossa liberdade para a Rússia".

Nesta segunda-feira, as forças russas se concentraram brevemente na cidade de Senaki, no oeste da Geórgia, para evitar que as tropas georgianas atacassem a região separatista da Ossétia do Sul, causa da atual crise na região.

A Rússia enviou milhares de homens e tanques à Ossétia do Sul, após a Geórgia lançar uma ofensiva para assumir o controle da província, que se separou no início dos anos 90.

ksh/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG