Presidente afegão afasta general: número de mortos do bombardeio aumenta para 89

O presidente afegão, Hamid Karzai, demitiu neste domingo o general para o oeste do Afeganistão por negligência e retenção de informação depois da morte de 89 civis em um bombardeio da coalizão sob comando dos EUA, anunciou o escritório da presidência ao comunicar o novo balanço.

AFP |

Karzai "ordenou o afastamento imediato do general Jalandar Behnam e também o de outro comandante por negligência e retenção de informação", segundo comunicado da presidência.

Esta nota também informou que, em um suposto bombardeio da coalizão sob comando americano, na sexta-feira, no oeste do Afeganistão, morreram 89 civis.

Este balanço aumenta o número do ministério do Interior, que divulgou 76 vítimas civis.

A coalizão, por sua vez, negou até agora que seu bombardeio tenha matado civis, limitando-se a dizer que o ataque foi contra os talibãs.

sak-br/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG