hackers , diz jornal - Mundo - iG" /

Presidência uruguaia é alvo recorrente de hackers , diz jornal

Montevidéu, 1º fev (EFE).- A Presidência do Uruguai foi várias vezes atacada por hackers nos últimos dois anos, e, num dos casos, um ministro chegou a receber via e-mail uma falsa ordem presidencial, informa hoje a imprensa local, que reproduz um relatório oficial sobre as invasões.

EFE |

A ação dos hackers está sendo analisada por analistas em informática, destaca o jornal "El Observador", que diz que, desde que o socialista Tabaré Vázquez, o primeiro presidente de esquerda na história do Uruguai, tomou posse, em 1º de março de 2005, a Presidência sofreu três ataques cibernéticos de importância.

O relatório indica ainda que dois desses grandes ataques estão relacionados a questões de segurança e a endereços eletrônicos de altos funcionários, incluindo um ministro.

O outro foi registrado em 2007, enquanto o Uruguai ocupava a Presidência rotativa do Mercosul, o bloco regional também integrado por Brasil, Argentina e Paraguai.

Na ocasião, Vázquez fez declarações a favor da aproximação entre o bloco sul-americano e a União Europeia (UE), as quais foram publicadas no site da Presidência "e foram 'hackeadas' de cinco computadores dos Estados Unidos, de dois da Espanha e de um do Chile", destaca o relatório.

Por essa razão, o site da Presidência uruguaia ficou fora do ar durante uma hora e meia, acrescenta.

Recentemente, o Governo uruguaio criou uma agência para o desenvolvimento da gestão eletrônica e da sociedade da informação e do conhecimento, que tem como uma de suas tarefas prevenir ataques cibernéticos. EFE jf/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG