A advogada iraniana Shirin Ebadi, prêmio Nobel da Paz em 2003, anunciou a detenção de sua irmã, Nushin Ebadi, e afirmou que a medida é uma tentativa de pressioná-la, em um comunicado divulgado nesta terça-feira no site Rahesabz.net

"Minha irmã não tinha nenhuma atividade política. Sua detenção é uma tentativa de pressão para que eu interrompa minhas atividades de defesa dos direitos humanos", afirma Ebadi no texto.

bur/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.