Premier chinês volta à região devastada por terremoto

Pequim, 2 set (EFE).- O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, retornou à região da província de Sichuan (sudoeste) castigada pelo terremoto que em maio matou quase 90.

EFE |

000 pessoas, informou hoje a imprensa oficial.

Wen visitou Sichuan para assistir à volta as aulas das crianças afetadas pela tragédia.

O governante, junto a três mil pessoas entre professores e alunos, assistiu à abertura de uma das escolas que, em instalações temporárias, receberão crianças de Beichuan, cidade que ficou quase totalmente devastada pelo terremoto, segundo a agência "Xinhua".

"Professores, estudantes, 110 dias se passaram desde o terremoto de 12 de maio. Beichuan sobrevive, assim como essa escola", destacou o primeiro-ministro em seu discurso.

"Nunca nos esqueceremos dos estudantes e professores que morreram no desastre", acrescentou Wen.

O governante já havia visitado Beichuan em maio para dar apoio às pessoas que na ocasião ainda permaneciam sob os escombros, e com essa viagem ganhou grande popularidade entre a sociedade chinesa.

O terremoto derrubou cerca de sete mil escolas em Sichuan e nas províncias vizinhas, muitas delas construídas com materiais baratos, o que levou o Governo chinês a iniciar uma investigação sobre a possível corrupção de alguns líderes locais no momento de conceder contratos de construção. EFE abc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG