Tamanho do texto

Nova Délhi, 6 set (EFE).- O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, celebrou hoje a decisão do Grupo de Fornecedores Nucleares (NSG) de levantar as restrições ao comércio atômico civil com a Índia e assegurou que marca o final das décadas de um longo isolamento nuclear.

Em comunicado enviado por seu escritório, Singh ressaltou que o acordo alcançado hoje em Viena entre os 45 países do NSG "é o reconhecimento das impecáveis credenciais de não-proliferação" nuclear da Índia.

"Dará um empurrão à busca da Índia por um crescimento econômico sustentável", ressaltou na nota.

Segundo o comunicado, o presidente americano, George W. Bush, ligou para Singh ao saber da notícia e os dois líderes "expressaram sua confiança em que as relações beneficentes mútuas entre Índia e EUA estão no interesse de seus povos". EFE amp/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.