Premier australiano quer agir com Obama contra crise

Sydney (Austrália), 21 jan (EFE).- O primeiro-ministro australiano, Kevin Rudd, anunciou hoje que trabalhará ao lado do novo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para superarem juntos a crise financeira global.

EFE |

"É um momento sombrio, mas uma nova era e um novo otimismo, influenciado pela magnitude dos desafios que nos esperam, está a ponto de nascer em todo o Pacífico", afirmou Rudd em comunicado .

"Deram a Barack Obama a enorme tarefa de reconstruir a economia americana e de liderar a recuperação da economia internacional: uma grande tarefa para alguém que para mim é um grande homem", assinalou Rudd.

"A Austrália, como sempre, está preparada para trabalhar com os EUA nos grandes desafios que nos esperam", destacou o primeiro-ministro.

As declarações de Rudd, que chegou ao cargo no final de 2007, contrastam com as feitas por seu antecessor, o conservador John Howard, quando Obama anunciou sua candidatura à Casa Branca.

Howard atacou o plano do então senador americano por Illinois de retirar as tropas do Iraque e frisou, na época, que a Al Qaeda deveria rezar pela vitória de Obama. EFE mg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG