Premiê tailandês suspende estado de exceção em Pattaya

Pattaya (Tailândia), 11 abr (EFE).- O primeiro-ministro da Tailândia, Abhisit Vejjajiva, suspendeu o estado de exceção declarado hoje em Pattaya, quando os manifestantes entraram na sede da cúpula que os países da Ásia deveriam realizar nesta cidade.

EFE |

A decisão de levantar o estado de exceção em Pattaya e no resto da província de Chonburi, ao leste de Bangcoc, foi anunciada cerca de seis horas depois de entrar em vigor.

Por causa da invasão ao edifício e dos confrontos travados na rua entre partidários e críticos do Executivo, o premiê tailandês havia declarado estado de exceção em Pattaya, e tinha ordenado que seu Governo adotasse medidas para garantir a segurança das autoridades.

A cúpula de vários líderes da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) foi hoje cancelada e alguns de seus dirigentes tiveram que sair de helicóptero, depois que os manifestantes atacaram a sede do encontro para exigir a renúncia do Governo da Tailândia. EFE grc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG