Dacar, 30 abr (EFE).- O primeiro-ministro do Senegal, Hadjibou Soumare, apresentou hoje sua renúncia ao presidente do país, Abdoulaye Wade, afirma o Ministério da Informação senegalês, em uma declaração à imprensa.

Segundo o titular dessa pasta e porta-voz oficial do Governo, Abdou Aziz Sow, após receber a renúncia de Soumaré, o presidente Wade solicitou que continuasse no cargo, mas o primeiro-ministro recusou a oferta por "razões pessoais".

O chefe de Estado deverá nomear hoje mesmo outro primeiro-ministro encarregado de formar um novo Governo.

Soumaré, um tecnocrata graduado na Escola Nacional de Administração, foi nomeado primeiro-ministro em junho de 2007, substituindo Macky Sall como quinto chefe do Governo de Wade, que chegou ao poder em março de 2000. EFE st/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.