Premiê pede desculpas aos gregos, enquanto reacendem os distúrbios

Atenas, 16 dez (EFE).- O primeiro-ministro grego, Costas Caramanlis, pediu desculpas hoje pelos escândalos de corrupção vividos no país desde que assumiu o poder, em 2004, enquanto explodiam novos distúrbios nas ruas, em protesto contr a morte de um adolescente no último dia 6.

EFE |

Em discurso perante o grupo parlamentar do partido governamental Nova Democracia, Caramanlis disse que não tinha se dado conta da seriedade desses casos e afirmou que assume completamente a "responsabilidade política".

Enquanto isso, Atenas foi cenário de novos distúrbios, quando cerca de 15 radicais atacaram com bombas incendiárias as instalações das forças antidistúrbios perto da vila universitária, e incendiaram dois veículos, informou a Polícia. EFE Afm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG