Premiê norte-coreano reúne-se com presidente da China em Pequim

Pequim, 19 mar (EFE).- O primeiro-ministro norte-coreano, Kim Yong-Il, se reuniu hoje com o presidente da China, Hu Jintao, em Pequim, informou a agência oficial Xinhua.

EFE |

Os dois líderes lembraram os 60 anos do estabelecimento de laços diplomáticos entre os dois países, o que motivou a viagem oficial do "número três" do regime norte-coreano.

Kim também se reuniu hoje com o presidente da Assembleia Nacional Popular chinesa, Wu Bangguo, e, em ambas as reuniões, o primeiro-ministro norte-coreano expressou a vontade de Pyongyang de estreitar laços com Pequim.

A viagem coincide com um momento de alta tensão regional, devido ao plano norte-coreano de lançar um satélite - mas outros países dizem que, na verdade, é um míssil de longo alcance - no início de abril, algo que a Coreia do Sul e outros países da zona veem como uma ameaça.

A detenção hoje de duas jornalistas americanas na Coreia do Norte, perto da fronteira com a China, aumentou a tensão nos dias prévios ao lançamento, que até Pequim observa com preocupação.

O porta-voz de Assuntos Exteriores chinês pediu hoje novamente contenção a todas as partes envolvidas no diálogo com a Coreia do Norte e não deu detalhes sobre a detenção das jornalistas, diante dos rumores de que efetivos norte-coreanos entraram em território chinês para fazer a detenção.

A China "está investigando o incidente", disse o porta-voz, em entrevista coletiva. EFE abc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG