Premiê japonês não vai convocar eleições na quinta-feira

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, não vai dissolver a câmara baixa para convocar eleições adiantadas na quinta ou na sexta-feira, informou um integrante da coalizão que apóia o premiê. Hoje --30 de outubro-- e amanhã --31 de outubro-- não haverá dissolução da câmara baixa, disse o líder do partido Novo Komeito, Akihiro Ota, a repórteres, na residência oficial do primeiro-ministro.

Reuters |

Espera-se que Aso convoque eleições antecipadas para a câmara baixa do Parlamento, na tentativa de solucionar um impasse político, mas ele afirmou recentemente que as políticas para lidar com os danos econômicos causados pela crise devem ser prioridade.

(Por Yoko Kubota)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG