depois da demolição em Yongbyon - Mundo - iG" /

Premiê japonês mostra preocupação com o depois da demolição em Yongbyon

Tóquio, 27 jun (EFE).- O primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, qualificou hoje a demolição da torre de resfriamento da usina de Yongbyon pela Coréia do Norte um primeiro passo na desnuclearização do país comunista, mas acrescentou que o problema é que vem depois.

EFE |

Fukuda disse que "o importante é verificar" as medidas de desnuclearização tomadas pela Coréia do Norte e, "pelo que sei, acho que iniciamos isso", informou a agência local "Kyodo".

A demolição da torre de refrigeração do complexo nuclear de Yongbyon, realizada hoje pela Coréia do Norte diante de televisões internacionais, "é um primeiro passo para a desnuclearização, mas o problema é que vem depois", disse Fukuda.

O primeiro-ministro insistiu na posição japonesa de que é preciso resolver o assunto dos cidadãos japoneses seqüestrados pelo regime norte-coreano nas décadas de 70 e 80, e disse que isso deverá ser feito em colaboração com os EUA.

A televisão sul-coreana "MBC", junto com outras redes estrangeiras, mostrou imagens hoje da destruição da torre de resfriamento na usina nuclear de Yongbyon, principal instalação atômica do regime norte-coreano, na presença do diretor do Departamento de Estado americano para Assuntos da Coréia, Sung Kim.

O gesto foi um símbolo destinado a mostrar a boa vontade da Coréia do Norte sobre sua desnuclearização, um dia depois de entregar à China uma esperada declaração de seus programas nucleares, pendente desde o final de 2007. EFE psh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG