Tóquio, 25 abr (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Yasuo Fukuda, viajou hoje à Rússia, onde se reunirá com o presidente russo, Vladimir Putin, para discutir assuntos como a disputa territorial das ilhas Curilas, segundo a agência de notícias Kyodo.

Fukuda, que também se reunirá com o presidente eleito russo, Dmitri Medvédev, discutirá ainda uma aproximação econômica e a criação de um vínculo de confiança entre os dois países.

A Rússia deseja a contribuição japonesa em forma de investimento para desenvolver o leste de seu território e para melhorar sua eficiência energética.

Já o Japão quer o petróleo russo para diversificar a origem de suas importações, até agora muito dependentes dos recursos do Oriente Médio.

Fukuda também negociará o assunto das ilhas Curilas, disputadas entre os dois países, mas fontes oficiais indicaram que não são esperados grandes acordos durante esta visita, segundo a "Kyodo".

As ilhas, conhecidas no Japão como Territórios do Norte, impediram que Japão e Rússia assinassem um tratado de paz para pôr um fim oficial à Segunda Guerra Mundial.

Antes de deixar o Japão, Fukuda assegurou que, levando em conta a situação global, este é "o momento de cooperar com a Rússia" em assuntos mais importantes.

O premiê demonstrou ainda esperança de resolver o assunto territorial com a Rússia e de assinar um tratado de paz. EFE fab/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.