Premiê japonês anuncia renúncia

O primeiro-ministro do Japão, Yasuo Fukuda, anunciou sua renúncia durante uma entrevista coletiva transmitida ao vivo pela televisão nesta segunda-feira. O premiê ocupou o cargo por menos de um ano e vinha obtendo baixos índices de popularidade e enfrentando forte oposição no Parlamento.

BBC Brasil |

Sua renúncia, entretanto, causou surpresa no país. Ela foi anunciada há apenas cerca de um mês de uma reforma ministerial.

Fukuda explicou que nos próximos dias, seu partido, o Liberal Democrata, deverá escolher um novo chefe de governo.

Parlamento
A profunda divisão entre o governo e oposição no Parlamento vinha sendo uma das principais dificuldades enfrentadas pela coalizão governista, especialmente na tentativa de aprovar um projeto de lei que prorroga a missão militar de reabastecimento de embarcações dos Estados Unidos no Oceano Índico.

Os partidos de oposição são contrários à prorrogação. O projeto deve ser submetido à apreciação do Parlamento japonês no período legislativo extraordinário que começa no dia 12 de setembro.

A missão japonesa no Oceano Índico é feita com embarcações da Força Marítima de Autodefesa do país.

O antecessor de Fukuda, Shinzo Abe, também renunciou, em setembro passado, ao fim de menos de um ano no cargo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG