Premiê indiano vai passar por cirurgia cardíaca

Por Krittivas Mukherjee NOVA DÉLHI (Reuters) - O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, vai passar por uma cirurgia cardíaca no sábado, apenas alguns meses antes de liderar o partido que controla o Congresso nas eleições gerais.

Reuters |

Caso haja dúvidas quanto à saúde de Singh, a campanha eleitoral para sua reeleição pode ser prejudicada, já que Rahul Gandhi, herdeiro de uma das dinastias mais poderosas da Índia, está crescendo dentro do partido e pode tomar seu lugar, segundo reportagens.

O líder de 76 anos foi internado na sexta-feira, informaram autoridades do hospital.

O ministro das Relações Exteriores, Pranab Mukherjee, pode assumir as responsabilidades do premiê enquanto Singh se recupera da cirurgia, informou uma autoridade do Ministério das Relações Exteriores.

As eleições gerais acontecerão em maio deste ano e Singh deve continuar no cargo caso a coalizão vença. A maior batalha será entre o governo liderado pelo Congresso e a coalizão liderada pelo partido hindu-nacionalista Bharatiya Janata.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG