Premiê indiano se reúne com autoridades para rever segurança

Nova Délhi, 29 nov (EFE).- O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, se reuniu hoje com as principais autoridades das agências de segurança para revisar a situação de segurança no país após os atentados a Mumbai, informou a agência indiana PTI.

EFE |

Participaram do encontro o secretário de Defesa indiano, Vijay Singh; o secretário de Interior, Madhukar Gupta; o chefe do Estado-Maior, Deepak Kapoor; o chefe da Marinha, Sureesh Mehta; o chefe das Forças Aéreas, Homi Major; e o chefe da Inteligência, P.C.

Haldar.

Antes, o ministro do Interior indiano, Shivraj Patil, se encontrou com altos oficiais de várias agências de segurança, com os quais discutiu formas de melhorar a proteção da costa, por onde os terroristas teriam chegado, segundo as primeiras investigações.

Além disso, Singh convocou para amanhã, em sua casa em Nova Délhi, uma reunião com todos os partidos, durante a qual serão discutidas medidas para reforçar a segurança, segundo um alto funcionário do escritório do primeiro-ministro.

Hoje, mais uma vez, o chefe de Governo do estado de Maharashtra, R.R. Patil, voltou a apontar o Paquistão como ponto de origem dos terroristas.

"Já sabemos que tinham um superior e que recebiam instruções de fora do país", disse o político a jornalistas em declarações reproduzidas pela agência indiana "PTI".

"É verdade (que os terroristas ligaram várias vezes para o Paquistão)", respondeu Patil a uma pergunta.

A Polícia informou ontem que encontrou um telefone por satélite na embarcação "Gemini", usada pelos terroristas para chegar ao litoral de Mumbai.

Além disso, os bombeiros que mataram um terrorista recuperaram outro telefone perto do Hotel Taj Mahal. EFE daa/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG