novo capítulo aberto nas relações com Egito - Mundo - iG" /

Premiê indiano destaca novo capítulo aberto nas relações com Egito

Nova Délhi, 18 nov (EFE) - O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, afirmou hoje que foi aberto um novo capítulo nas relações entre Índia e Egito e que é preciso trabalhar para recuperar o tempo perdido. O chefe do Executivo fez estas declarações em entrevista coletiva conjunta ao lado do presidente egípcio, Hosni Mubarak, que está em Nova Délhi em sua primeira visita oficial à Índia em 25 anos. Esta visita abriu um novo capítulo em nossas relações. Estamos de acordo em que todas as condições são as oportunas para a transformação das relações em consonância com a realidade contemporânea, disse Singh, segundo um comunicado do Ministério de Exteriores.

EFE |

Além disso, assegurou que os dois líderes acordaram em "recuperar o tempo perdido e em elevar as relações a um nível que reflita as fortalezas e complementaridades mútuas".

"Creio firmemente que chegou o tempo para Índia e Egito reavivarem a natureza especial de nossas relações bilaterais baseadas na imensa boa vontade que existe entre nossos povos", acrescentou.

Durante a visita de Mubarak, foram assinados vários acordos de cooperação tecnológica, espacial, comercial e em matéria de saúde, assim como um pacto de extradição para casos de terrorismo.

Além disso, Índia e Egito acordaram em eliminar a solicitação de vistos para os beneficiados de passaportes diplomatas, oficiais e especiais e em estabelecer um diálogo estratégico em nível ministerial, segundo a agência "Ians".

O presidente egípcio pediu uma "ação coletiva" contra o terrorismo e assegurou que as conversas em Délhi tinham abordado o papel dos dois países na manutenção da paz e da segurança no Oriente Médio e na Ásia Ocidental, segundo o comunicado oficial.

Sobre a crise financeira, o líder árabe ressaltou a necessidade de que os países desenvolvidos e as potências emergentes cooperem para "reestruturar a arquitetura financeira internacional".

Mubarak, que encerra na quarta-feira de manhã sua visita de Estado à Índia, se reuniu também com a presidente do país, Pratibha Patil, entro outros destacados líderes políticos.

Nesta visita, o presidente egípcio se reuniu na segunda-feira com líderes empresariais indianos e pediu o aumento dos investimentos no Egito, que atualmente se situam em US$ 800 milhões e, de acordo com Mubarak, podem alcançar os US$ 2 bilhões nos próximos anos.

Mubarak destacou que a situação estratégica do Egito o transforma na porta de entrada para os 20 países que compõem o Mercado Comum da África Oriental e Austral (Comesa). EFE mb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG