Washington, 15 nov (EFE).- O presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, propôs hoje a coordenação global de políticas fiscais para reativar a economia e uma nova regulação dos sistemas financeiros, com maior controle e transparência.

Zapatero discursou na primeira sessão plenária da cúpula do G20 que analisa a reforma do sistema financeiro internacional no National Building Museum de Washington, onde defendeu uma "nova cultura corporativa" nas empresas para evitar "salários astronômicos" e lucros injustificados.

Segundo informaram fontes do Executivo espanhol, Zapatero lembrou a responsabilidade dos Governos para reativar a economia e pôr ordem nos mercados, mas "sem substituí-los".

É necessário intervir, mas nunca cortar a liberdade econômica, ressaltou durante a reunião, realizada a portas fechadas. EFE nl/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.