Ex-conselheiro do Lehman Brothers Luis de Guindos assumirá pasta de Economia e García Margallo, Relações Internacionais

O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, escolheu um conhecido economista para coordenar os esforços de seu governo para tirar a quarta maior economia da zona do euro de sua pior crise em décadas. Luis de Guindos, de 51 anos, será ministro da Economia do país, anunciou Rajoy, depois de muita expectativa.

AP
Rajoy (dir) em Madri ao lado da rainha Sofia, do rei Juan Carlos e de seu antecessor, José Luiz Zapatero
Guindos ocupou diversos cargos na área de economia no governo do primeiro-ministro José María Aznar durante o período de 1996 a 2004, entre eles o de diretor-geral de política econômica e de defesa da concorrência. Ele também participou da preparação da Espanha para entrar na zona do euro.

Findo o governo Aznar, voltou à iniciativa privada, onde ocupou, entre outros cargos, o de conselheiro-assessor para a Europa no Lehman Brothers, o banco americano que foi o estopim da crise de 2008. Para o ministério de Relações Exteriores, Rajoy escolheu José Manuel García Margallo.

Mariano Rajoy, do conservador Partido Popular (PP), tomou posse como primeiro-ministro da Espanha nesta quarta-feira, após fazer o juramento diante do rei Juan Carlos, da rainha Sofia e de outras autoridades do país. O novo primeiro-ministro espanhol foi eleito na terça-feira no Congresso dos Deputados.

*com Valor Online e agências internacionais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.