Premiê eleito do Líbano tenta acordo para formar Governo

Beirute, 31 ago (EFE).- O primeiro-ministro eleito do Líbano, Saad Hariri, se reuniu hoje com o general Michel Aoun, líder da bancada cristã no Parlamento, para tentar desbloquear o processo de formação do novo Governo.

EFE |

No encontro, promovido pelo chefe de Estado, Michel Suleiman, os dois interlocutores puderam "quebrar o gelo", mas não avançaram muito no debate sobre a constituição de um novo gabinete, processo que há dois meses não evolui.

"Uma série de dificuldades impede a formação de um Governo, mas existe a possibilidade de que as conversas continuarem", afirmou Aoun após a reunião.

Por sua vez, Hariri, filho e sucessor político do ex-primeiro-ministro assassinado Rafik Hariri, afirmou que "as conversas continuarão assim que Aoun voltar de uma viagem" que fará em breve "ao exterior".

Hariri foi eleito primeiro-ministro em junho, quando a alinça que montou venceu as eleições parlamentares do começo desse mês.

Apesar da vitória no pleito, Hariri continua tendo dificuldades para formar seu gabinete, já que as duas coalizões que dominam o país, a sua e a opositora Forças 8 de Março, não chegam a um acordo sobre a distribuição dos ministérios e sobre quem ocupará os cargos.

EFE ks/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG