Premiê do Japão está alheio a pesquisas que prevem reviravolta política

Tóquio, 23 ago (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, se mostrou hoje cético perante as últimas pesquisas eleitorais, que preveem uma vitória arrasadora do opositor Partido Democrático (PD) nas eleições do dia 30 no Japão, informou a agência Kyodo.

EFE |

"Percebo melhores resultados esta semana que a passada e melhores hoje que ontem", disse Aso em um programa de televisão japonesa enquanto as pesquisas dos principais jornais e a agência local "Kyodo" oferecem uma maioria absoluta para o PD.

Segundo Taro Aso, presidente do governamental Partido Liberal- Democrata, "o apoio ao PLD está aumentando" e a situação "poderia mudar em um par de dias".

Uma pesquisa realizada este sábado pela agência japonesa "Kyodo" mostra uma forte queda nas intenções de voto para o PLD, a força política que governou Japão durante os últimos 54 anos de forma quase ininterrupta.

Essa pesquisa prevê que o partido de Taro Aso verá reduzido o número de cadeiras de 303 para 100, enquanto a principal força opositora, o PD, poderia obter 300 assentos, frente aos 112 com os quais contou na Câmara Baixa durante a última legislatura.

Sexta-feira outros três pesquisas de outros tantos jornais japonesas previram também maioria absoluta para a oposição. EFE clb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG