Premiê de Israel prevê fracasso do pedido palestino

Palestinos apresentarão na próxima semana na ONU um pedido de ingresso como Estado de pleno direito

EFE |

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, previu neste domingo (18),  à frente do conselho de ministros antes de partir rumo a Nova York, um fracasso do pedido palestino na próxima semana de ingresso na ONU.

"O Conselho de Segurança é como o governo das Nações Unidas e estou convencido de que, como resultado da ação dos Estados Unidos em estreita colaboração com outros governos, a tentativa fracassará", declarou no início da reunião do gabinete.

Netanyahu também desacreditou a possibilidade de que a liderança palestina recorra à Assembleia Geral das Nações Unidas para obter um status menor após a previsível rejeição do Conselho de Segurança, onde Washington já anunciou seu veto.

"A Assembleia é o Parlamento da ONU, por isso que poderia passar qualquer decisão", declarou antes de ressaltar que "não tem a mesma importância que o Conselho de Segurança".

Netanyahu, que resumiu em dois os objetivos de sua viagem a Nova York, disse que o primeiro é "esclarecer" que o pedido palestino "é uma tentativa de evitar as negociações e que não terá sucesso nem passará no Conselho de Segurança". "O segundo, é falar na Assembleia e mostrar nossa verdade", acrescentou.

Os palestinos apresentarão na próxima semana na ONU um pedido de ingresso como Estado de pleno direito, em resposta à paralisia das negociações diretas com Israel.

    Leia tudo sobre: palestinosisraelonuestado palestinoNetanyahu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG