JERUSALÉM (Reuters) - O primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, disse nesta quarta-feira, depois de participar de uma reunião com seu gabinete de segurança, que as atuais condições não são adequadas para um cessa-fogo com Gaza, mas não descartou uma trégua no futuro. Se as condições se aprimorarem, e nós acreditamos que pode haver uma solução diplomática que garanta uma realidade melhor de segurança no sul, nós vamos considerar. Mas neste momento, não há, disse Olmert, segundo um assessor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.